Aviação

Boeing avalia novo projeto de aeronave. Substituição do 737 é considerada

Após a notícia em que o futuro Boeing NMA (New Mid-Market Airplane), chamado de 797, voltou às pranchetas e a estaca zero, a fabricante norte-americana avalia qual segmento do mercado de aeronaves comerciais deve abordar no próximo programa de desenvolvimento de aviões, segundo publicação da Flight Global.

O executivo-chefe, David Calhoun, durante uma coletiva de ganhos da empresa em 2019, diz que a empresa não projetará sua próxima aeronave puramente como uma resposta ao popular Airbus A321neo.

“Pedimos à equipe que recuasse e reavaliasse nossa estratégia comercial de desenvolvimento de produtos para determinar que família de aviões será necessária no futuro”, diz Calhoun. “Essa é uma decisão que eu e nosso novo líder de aeronaves comerciais desejamos tomar. Não projetaremos nosso próximo avião com base no A321″, afirma.

Calhoun insiste que o próximo programa de aeronaves da Boeing utilizará ferramentas que o “diferenciarão” significativamente dos produtos concorrentes.

“Quero garantir que tenhamos um avião [especificação] em que acredito”, afirma. “Assim que chegarmos a uma [especificação] sobre o que queremos fazer, avançaremos muito rapidamente”.

Substituição do 737

A publicação diz que existe a possibilidade da Boeing iniciar a substituição do 737, uma aeronave apelidada de aeronave Future Single Aisle (FSA).

Richard Aboulafia, analista da indústria do Teal Group, sugere que a fabricante possa incluir uma variante maior adequada para o segmento de mercado intermediário.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios