Foto: Kayo Nunes
Aviação CPTM

Em que pé está a ligação da Estação Aeroporto da CPTM com os terminais de embarque?

No dia 1º agosto de 2019, o governador João Doria prometeu uma ligação mais eficaz entre os três terminais de embarque do Aeroporto de Guarulhos com a estação da Linha 13-Jade, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM. Nas palavras de Doria, em maio de 2021, o sistema estaria em pleno funcionamento.

Mas a menos de 60 dias para acabar o ano de 2020, o projeto está sem prazo para sua concretização, conforme fala de Doria durante a entrega do segundo trem da série 2500 para a Linha 13.

Novidades podem ocorrer no dia 11 de novembro, quando haverá uma reunião com o ministro da infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para tratar do tema.

Doria disse também na ocasião que espera que o clima entre o governo estadual e o federal, por conta das recentes discussões entre ele e Bolsonaro, não interfira nas negociações para o meio de transporte. Mas promete judicializar a questão se considerar necessário.

Foto: CPTM

Terrenos segregados e posição da Gru Aiport

Kayo Nunes, leitor do VT, reparou que dois terrenos foram demarcados com tapumes. Um próximo à estação e outro no terminal 3, conforme imagem no topo do texto, enviada gentilmente ao site.

No entanto, questionada sobre o fato, a GRU Airport apenas respondeu que aguarda parecer do governo federal sobre o andamento do projeto:

A GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, esclarece que, conforme solicitado pelo Governo Federal, realizou análise das propostas recebidas para realização do projeto e encaminhou para avaliação do Poder Concedente.” – diz nota da concessionária.

Para 2022, no mínimo

Em um cenário hipotético, se as obras forem iniciadas no início do ano, o meio de transporte deve ficar pronto somente em 2022. Em uma rede social, o secretário dos transportes metropolitanos, Alexandre Baldy, respondeu a um seguidor que o prazo de construção da ligação será de 18 meses após o início dos trabalhos.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Com capacidade de transportar mais de 120 mil usuários, a Linha 13-Jade que serve quase que exclusivamente aos usuários das classes sociais A e B que não tem o hábito de se fazer baldeações desconfortáveis em locais próximos dos terminais, e transporta hoje apenas cerca de 16 mil passageiros diariamente, significando que está ociosa, em contraponto a Linha 3-Vermelha que tem uma demanda de 7,1 passageiros por m² comprovando com isto que houve uma falha de planejamento e logística, não levando em conta que existe uma alta demanda reprimida na região, principalmente em Guarulhos, um dos municípios mais populosos do Brasil com mais de um milhão de habitantes e não possui nem Trem Metropolitano e Metrô, ao invés disto preferem anunciar a Linha 19-Celeste!!!

    Este contrato de concessão com a GRU Airport foi mais um daqueles mal redigidos, nas gestões anteriores em que a concessionária prefere a construção de algo que lhes de mais lucro $$$ do que o conforto dos usuários das quais as empresas dão ao estado é praticamente nula, ai fica-se “refém” da mesma, por omissão e falha contratual de concessão deste aeroporto do qual o locatário estava mais preocupado com a exploração comercial, visto o alto custo existente para os usuários que desejem adquirir ou consumir alguma coisa local, e com as maiores vantagens econômicas que se pode obter com o aluguel para lojas e shoppings no local, do que a mobilidade e o conforto e mobilidade dos usuários.

Publicidade

Anúncios