Aviação

Boeing 797 NMA volta às pranchetas e a estaca zero

O projeto da Boeing chamado de “797 NMA” voltou às pranchetas e os planos de lançamento da aeronave acabaram sendo arquivadas, de acordo com uma publicação do Simple Flying.

Projetada para preencher uma lacuna de “meio do mercado”, com rotas que precisam de uma capacidade de passageiros entre 200 e 300 em uma distância média, o 797 seria usados em frequências como Sydney a Melbourne, nas quais um Boeing 737 ou Airbus A320 é muito pequeno para atender a demanda, e em contrapartida o Airbus A330 ou Boeing 777 são grandes demais. O NMA teria configuração de corredor duplo de corpo largo para preencher esse nicho de mercado.

De acordo com Dave Calhoun, executivo-chefe da Boeing, o mercado de aeronaves mudou desde os primeiros rumores de lançamento do novo avião. “Desde que a primeira folha de papel foi entregue, as coisas mudaram um pouco … as condições competitivas são um pouco diferentes”, afirmou Calhoun.

“Vamos começar com uma folha de papel limpa novamente; Estou ansioso por isso”, disse.

A publicação da conta de que a Boeing deve analisar em um período em torno de cinco anos para lançar um novo design de aeronave no mercado. Após apresentadas as projeções, a fabricante terá que construir e testar o novo avião.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios