Foto: Vagner Santos
Metrô SP

Presidente do Metrô diz que Linha 22 do Metrô até Cotia será replanejada

O projeto da Linha 22-Bordô do Metrô consiste em uma ligação entre uma futura estação chamada de Rebouças na avenida de mesmo nome, até a cidade de Cotia, na Região Metropolitana de São Paulo. O novo eixo metroviário é bastante aguardado pelos moradores que moram em residências às margens da Rodovia Raposo Tavares, via que servirá como direção para o eventual novo ramal.

Mas, a linha 22 não vem aparecendo nos mapas que mostram a rede futura. O Relatório Integrado de 2019, que contem o esboço mais atual dos futuros projetos, deixou de mostrar futuras ligações já conhecidas em outros documentos, o que indica que os futuros eixos de transportes podem ter sido descartados, terão alguma tipo de alteração, ou então, serão apresentadas em outro momento, após a conclusão desta malha metroviária dos sonhos. A linha 22 não deu as caras no mapa a seguir:

Fonte: Relatório Integrado 2019 – Metrô

Replanejamento

Em uma reposta na rede social nesta sexta-feira, 02 de outubro de 2020, o presidente do metrô, Silvani Pereira, afirmou que a Linha 22 “será objeto de replanejamento futuro do Governo do Estado”.

Em abril, o Via Trolebus já havia revelado que a ligação não é mais considerada como prioritária pela administração estadual, ainda que continua no planejamento da rede futura de transporte.

“O trecho entre as estações Morumbi e São Paulo-Morumbi (Linha 4-Amarela) da Linha 17-Ouro, assim como a Linha 22, continuam no planejamento da rede futura de transporte. O mapa divulgado no Relatório Integrado 2019 apresenta as linhas consideradas prioritárias, segundo o plano plurianual de investimentos do Metrô” – diz nota do Metrô ao site.

 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Até Granja Viana já é um adianto, mas não resolve o problema de Cotia e da Raposo Tavares. Não existe uma conexão decente entre esse bairro e o centro, e tudo depende da Rodovia. Os congestionamentos e acidentes continuarão acontecendo.

  • A Vila Indiana não tem nem ônibus que passe no meio do bairro, quanto mais metrô, quem passa pela Corifeu vê o abandono dos terrenos da região, tem até cabra sendo criada num terreno desta avenida, o projeto desta linha era uma piada pronta.

Publicidade

Anúncios