Aviação

GOL acorda compensação financeira com a Boeing por conta do 737 MAX

A GOL deve receber uma compensação de US $ 412 milhões da Boeing pelo aterramento de suas aeronaves 737 MAX, segundo uma publicação do site Simple Flying. Sendo um dos maiores clientes da aeronave, o aterramento atingiu fortemente a empresa brasileira.

O texto cita uma publicação da Reuters, onde a transportadora brasileira teria concordado com o acordo. A Boeing pagará à GOL 2,4 bilhões de reais, ou US $ 412 milhões. A aeronave foi aterrada em todo o mundo após dois acidentes, em 2018 e 2019, e a GOL havia recebido sete aeronaves 737 MAX 8, fora de um pedido de 135.

Embora o aterramento do modelo tenha afetado planos e operações, a Gol ainda registrou um ano de muito sucesso em 2019, com crescimento de nove por cento em relação a 2018. Parte desse sucesso, segundo Ricard Lark, CFO da GOL, foi reduzida para sua frota 737. Ele explicou que a companhia aérea era flexível o suficiente para continuar seu serviço com alta utilização de aeronaves existentes.

Acreditamos que o Boeing 737 é a melhor aeronave do mercado brasileiro devido à sua capacidade de atingir mais de 13 horas de utilização de aeronaves em mercados de alta densidade. Isso suporta nosso modelo de gerenciamento de capacidade altamente flexível, além de fornecer alta consistência de liquidez e valor de mercado em nossa frota.” – afirmou Lark, segundo o site.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios