Aviação

Lufthansa aterra Airbus A380 por mais tempo com grandes chances de aposentadoria

A Lufthansa decidiu aterrar a longo prazo oito modelos do Airbus A380, ao invés de eliminar os superjumbos de vez. Um porta voz da empresa disse, no entanto, que os aviões só voltariam “apenas no caso de uma recuperação inesperadamente rápida do mercado”.

Outros aviões de quatro motores também acabaram sendo descartados, como o Boeing 747-400, além de grande parte dos A340 ainda em serviço.

A aposentadoria dos quadrimotores é um movimento em andamento em todo o setor aéreo, mas que foi antecipado com a crise gerada pela covid-19. Além de consumirem mais combustível, o A380 e 747-400 oferecem grande capacidade de transporte em um momento de baixa demanda.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios