Aviação

Coronavírus: British Airways e United suspendem voos para a China

O surto do coronavírus, que já matou 112 pessoas na china e infectou 6 mil pessoas no mundo, já provou cancelamentos de voos para a China, localidade onde aparentemente o vírus foi disseminado. Nesta terça, operadoras chinesas suspenderam serviços de bordo.

A British Airways acabou suspendendo temporariamente todos os serviços da China continental . A maior companhia aérea do Reino Unido em relação ao número de aviões, opera serviços de Londres Heathrow aos aeroportos de Pequim Daxing e Xangai, usando os Boeing 777s e 787s.

Suspendemos todos os vôos de e para a China continental com efeito imediato, seguindo conselhos do Ministério das Relações Exteriores contra todas as viagens, exceto as essenciais”, diz a companhia aérea.

Já a United Airlines, não citando diretamente o surto, suspendeu alguns de seus voos para a China, citando uma queda significativa nos fatores de carga.

“Devido a um declínio significativo na demanda por viagens para a China, estamos suspendendo alguns vôos entre as cidades centrais e Pequim, Hong Kong e Xangai”, afirmou a companhia aérea em 28 de janeiro. “Continuaremos a monitorar a situação à medida que ela se desenvolver e ajustaremos nosso cronograma conforme necessário.”

A companhia aérea de Chicago afirma que 24 voos foram retirados de seu horário entre 1 e 8 de fevereiro.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios