Aviação

Companhias Aéreas chinesas suspendem serviços de bordo para conter coronavírus

A China Airlines e suas afiliadas, a Tigerair Taiwan e a Mandarin Airlines não estão mais oferecendo serviços de bordo em voos para Hong Kong e Macau, na tentativa de combater a disseminação do coronavírus.

A decisão de suspender os serviços de alimentos e bebidas, juntamente com a distribuição de cobertores, almofadas e jornais às ex-colônias britânicas e portuguesas, acompanham o cancelamento de voos para o continente chinês.

As novas medidas foram estabelecidas para tentar limitar o risco de passageiros e tripulantes serem infectados pelo vírus mortal.

No lugar de refeições quentes, os passageiros devem receber lancheiras de papel descartáveis ​​ou alimentos dentro de sacos de papel. Passageiros que optarem por refeições vegetarianas especiais encomendadas não serão afetados. A China Airlines também está incentivando os passageiros a trazer seus próprios frascos térmicos a bordo, se quiserem tomar uma bebida quente.

Trens suspensos

A líder de Hong Kong, Carrie Lam, confirmou que a linha ferroviária de alta velocidade entre Hong Kong e China continental será fechada a partir de quinta-feira e que as viagens de voos, ônibus e balsas ficarão restritas.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios