Aviação

American Airlines será “indenizada” pela Boeing por conta do aterramento do 737 MAX

A American Airlines chegou a um acordo de compensação com a Boeing pelo aterramento do 737 MAX. O valor da “indenização” a ser paga não foi revelado. A companhia aérea também informou que compartilhará US$ 30 milhões dessa compensação com seus mais de 100.000 funcionários por meio de seu programa de participação nos lucros.

O acordo é uma reparação aos danos financeiros causados ​​pelo aterramento do modelo em 2019. Poderão haver novas reparações financeiras para 2020. Outras operadoras também conseguiram acordos, como a Southwest Airlines, Turkish Airlines e Grupo Aeromexico SA.

A American Airlines possui 24 Boeing 737 MAXs em sua frota. Antes do aterramento, estava programado para ter 40 unidades até o final de 2019. Anteriormente, a operadora disse que o aterramento diminuiria seus ganhos em US $ 540 milhões em 2019. A Boeing reservou US $ 6,1 bilhões para compensar os clientes através de uma combinação de dinheiro, benefícios em espécie e descontos.

A suspensão do 737 MAX

O modelo MAX foi envolvido em dois acidentes, que vitimaram 346 pessoas, e as atenções se focaram no novo Sistema de Aumento de Características de Manobra (MCAS), que pode abaixar o nariz da aeronave automaticamente quando um sensor indica que o estol é iminente.

Dados de rastreamento de satélites mostraram que, após a decolagem, as duas aeronaves passaram por flutuações extremas na velocidade vertical. Os pilotos declararam no radio que estavam com problemas nos controles de voos e pediram para retornar ao aeroporto.

Enquanto as aeronaves estão fora de serviço, a Boeing está desenvolvendo e validando uma correção no software para corrigir o MCAS, que estará sujeito a uma análise de agências reguladoras ao redor do mundo.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios