Aviação

Airbus enviará A350-1000 como concorrente ao Boeing 787 no projeto Sunrise

Com anúncio dos testes com o voo do projeto Sunrise, com rotas de quase 20 horas entre a Austrália e Nova York e Londres, operado por um Boeing 787-9, a Airbus deve enviar um A350-1000 para os experimentos. A novidade é que o envio deve ser de um modelo padrão, não modificado.

Era esperado pelos fans da aviação que a fabricante européia fizesse modificações inéditas na aeronave, principalmente após a entrada do modelo A321XLR, sendo o modelo de corredor único de maior alcance no mundo.

Em entrevista exclusiva à Runwaygirl Network , a Airbus confirmou que foi feito uma oferta à Qantas.

“Estamos respondendo ao desafio com o A350-1000, que já é um avião extremamente capaz. Em 2022, será capaz de transportar 380 passageiros, quase, por 8700 nm ”, disse Lucas-Ugena.  A Airbus está trabalhando para aumentar ligeiramente o alcance do A350-1000, aumentando seu peso máximo de decolagem. O que, por sua vez, significa mais espaço para combustível.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios