Aviação

Qantas vai testar nesta semana voo ultra-longo de quase 20 horas entre Nova York e Sydney

A Qantas deve operar seu primeiro voo de teste do Project Sunrise de Nova York para Sydney nesta sexta-feira, 18 de outubro, usando um novo Boeing 787-9. A companhia aérea Australiana espera que, ao realizar uma série de voos de teste ultra longos, forneça informações sobre o impacto físico e emocional que a operação de longo curso têm sobre os passageiros e os pilotos.

O voo direto terá quase 20 horas de duração também deve se tornar o recordista do voo mais longo do mundo. A rota partirá dos Estados Unidos na sexta-feira e aterrará em Sydney, na Austrália, na manhã de domingo.

Os passageiros a bordo da aeronave, compostos por funcionários da Qantas, serão assistidos por pesquisadores médicos e cientistas.

Um dos testes deverá monitorar o cérebro do piloto em busca de atenção e ver quais efeitos os alimentos e atividades do sono terão sobre os passageiros. Serão analisadas ainda a iluminação, movimento físico e entretenimento a bordo.

Se forem aprovados os testes, a operadora terá voos ultra londos entre Nova York a Sydney, e entre a costa leste da Austrália para Londres.

Com a palavra, CEO do Grupo Qantas, Alan Joyce:

“Os voos de longo curso apresentam muitas questões de senso comum sobre o conforto e o bem-estar dos passageiros e da tripulação. Esses vôos fornecerão dados valiosos para ajudar a respondê-los.

“Para os clientes, a chave será minimizar o jet lag e criar um ambiente em que eles esperam um voo agradável e tranquilo. Para a tripulação, trata-se de usar pesquisas científicas para determinar as melhores oportunidades para promover a atenção quando estão de serviço e maximizar o descanso durante o tempo de inatividade nesses voos.

Voar sem parar da costa leste da Austrália para Londres e Nova York é realmente a fronteira final na aviação, por isso estamos determinados a fazer todo o trabalho de base para fazer isso direito.

Nenhuma companhia aérea fez esse tipo de pesquisa antes e usaremos os resultados para ajudar a moldar o design da cabine, o serviço de bordo e os padrões de escala de tripulação do Project Sunrise. Também veremos como podemos usá-lo para melhorar nossos vôos de longo curso existentes ”.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios