Aviação

Aérea low cost da Arábia Saudita troca 737 Max por A320

Com a crise do Boeing 737 MAX, após a queda de duas aeronaves e morte de 346 pessoas, a fabricante norte-americana tem outro revês: A low cost (empresa de baixo custo) da Arábia Saudita, Flyadeal, recuou na compra de 50 unidades do 737 Max e optou por uma aquisição de jatos A320 da principal rival, a Airbus.

A companhia aérea que administrada pela estatal Saudi Arabian Airlines, havia firmado a compra de 30 modelos da Boeing em dezembro do ano passado a um custo de US$ 5,9 bilhões, com a possibilidade de adquirir mais 20 jatos ao longo dos próximos anos.

No comunicado à imprensa deste domingo, a operadora não cita os recentes problemas da Boeing, mas atribui a escolha da Airbus como um “crescimento significativo de sua frota”.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!