Metrô

Metrô de Santiago contrata projeto para a nova Linha 7 com sistema driverless

O Metrô de Santiago abriu caminhos para construir sua sétima linha após nomear a Systra para realizar o projeto básico de sistemas, pátio de manutenção e material rodante.

Com inauguração prevista para 2026, a linha com 26 km de extensão deverá ser sem condutor, cobrindo o eixo leste-oeste, servindo como alívio para a saturada Linha 1. Além da linha 7, a capital chilena também planeja construir mais duas novas linhas e quatro ramais.

A nova linha

A expectativa é que o novo eixo metroviário atenda as comunas de Renca, Cerro Navia, Quinta Normal, Santiago, Providencia, Las Condes, Vitacura.

É esperado que a linha em um tempo de viagem de 35 minutos aproximadamente, os terminais Brasil e o Estoril, com um potencial de demanda de 1,35 milhões de habitantes ao longo de 19 estações.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!