Foto: Thumbail Bruno Mourão -Youtube
Metrô SP

Metrô de SP teria realizado testes em nova sinalização na Linha 1

Segundo informações que circulam em redes sociais e fóruns, teste teria ocorrido nessa semana.

Com contrato fechado em meados de 2008, a sinalização CBTC (Communications-Based Train Control/ Controle de Trens baseado em telecomunicação) vem sido instalada gradativamente nas linhas mais antigas de São Paulo. Funcionando de maneira plena na Linha 2 (Vila Madalena-Vila Prudente) e em implantação na Linha 3-Vermelha, o plano de modernização da sinalização tem como previsão, a conclusão em 2020, segundo o Presidente da Companhia.

Os testes teriam ocorridos entre o Pátio do Jabaquara e a Estação Vergueiro com um trem da Frota G, sendo o “primeiro” das ações de implantação e homologação do sistema. Os testes, dada a complexidade e responsabilidade de um sistema de sinalização de trens, tende a ser ainda muito longo até a operação plena do CBTC na Linha 1, pois os testes precisam de horas e experiências para atingir uma maturidade que ofereça segurança ao sistema sobre trilhos que irá controlar.

Assim como na Linha 2 e agora na Linha 3, os testes passarão por “longos e exaustivos processos” para a homologação, sendo inclusive necessário o fechamento parcial das linhas para a realização dos testes, sempre, sem passageiros.

Levando em conta o processo que houve na Linha 2, somente após alguns anos o CBTC será utilizado na Linha 1 em operação comercial, não sem antes passar por operações assistidas em finais de semana e feriados, até que chegue no horário de pico e por fim, em toda a operação comercial.

O novo sistema visa diminuir o intervalo e melhorar a frequência dos trens, otimizando o uso da frota, aumentando a oferta de lugares e possibilitando a operação total à distância, caso haja portas de plataforma em todas as estações. A Linha 1, no cronograma, é a que terá sua implantação concluída por último, somente após a homologação do sistema na Linha 3.

Sobre o autor do post

Rodrigo Lopes

Paulistano, formado em Logística e graduando de Tecnologia em Transporte Terrestre, sempre gostou de transportes e tudo o que envolve a mobilidade, transportes e planejamento urbano. Participa de projetos relacionados a preservação ferroviária, transporte não poluente e gestão pública. Criador do Boletim do Transporte em 2011, desde Abril de 2018, colabora com o Via Trólebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!