Monotrilho

Metrô aponta falha humana em colisão de monotrilhos

De acordo com a assessoria do Metrô, o laudo da comissão de segurança da estatal apontou falha humana no acidente ocorrido na linha 15 – Prata, no dia 29/1.

Leia também:

Na segunda, 5, o secretários dos transportes metropolitanos, Alexandre Baldy, já havia nos confirmado que a apurações deveriam se encerrar ontem. “As apurações estarão sendo encerradas hoje. Nós daremos ao conhecimento de toda a população todos os fatos que ocorreram para que nós infelizmente tivéssemos aquele acidente, que não sofreram danos a pessoas, a maior alegria é que não houveram lesões ou vítimas, mas precisamos sim dar resposta a uma apuração que foi e está sendo realizada, para que possamos chegar à decisão. Eu já obtive, a princípio, respostas de que a sinalização não é um problema para que ocorresse esse incidente e para que pudesse colocar em risco a operação da Linha 15”, disse Baldy.

A assessoria ainda completa que “a ação humana tornou o trem M22, que estava estacionado na plataforma da estação Jardim Planalto, invisível ao sistema de comunicação e sinalização (CBTC), causando a colisão com o trem M23. Todos os procedimentos de atuação do quadro operativo da Linha 15-Prata, principalmente aqueles que envolvem segurança, passarão por uma revisão rigorosa, com o objetivo de mitigar novas ocorrências”.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!