SPTrans

Empresas apresentam propostas para operação do sistema de ônibus em SP

Atualizados às 11h33

A Prefeitura de São Paulo abriu os envelopes da licitação do sistema de ônibus na manhã desta terça-feira, 5 de fevereiro de 2019. A concessão por 20 anos diz respeito a operação das linhas de ônibus da capital. A concorrência deveria ter sido feito em 2013, mas de lá para cá uma série de questionamento e suspensões postergaram a recontratação das operadoras.

O valor dos contratos a serem assinados é somados em R$ 71,14 bilhões.

Segundo informações do site “Diário do Transporte” as seguintes empresas apresentaram propostas:

Linhas Estruturais

  • E 1 – Consórcio Bandeirante
  • E 2 – Sambaíba
  • E 3 – Viação Metrópole Paulista
  • E 4 – Via Sudeste
  • E 5 – MobiBrasil
  • E 6 – Viação Grajaú
  • E 7 – Viação Metrópole Paulista
  • E 8 – Consórcio TransVida
  • E 9 – Gatusa

Articulação Regional

  • AR 1 – Consórcio Bandeirante
  • AR 2 – Sambaíba
  • AR 3 – Viação Metrópole Paulista
  • AR 4 – Express
  • AR 5 – Via Sudeste
  • AR 6 – MobiBrasil
  • AR 7 – KBPX
  • AR 8 – Viação Gato Preto
  • AR 9 – Consórcio TransVida
  • AR 0 – Consórcio TransVida

Local de Distribuição:

  • D 1 – Consórcio TransNoroeste
  • D 2 – Consórcio TransNoroeste
  • D 3 – Transunião
  • D 4 – Up-Bus
  • D 5 – Pêssego Transportes
  • D 6 – Allibus
  • D 7 – Transunião e Imperial
  • D 8 – Move Buss
  • D 9 – A2 Transportes
  • D 10 – Transwolff
  • D 11 – Transwolff

Concorrência

Dos 32 lotes, apenas um deles há concorrência. Já nos demais, há apenas uma empresa ou consórcio de empresas, sem disputa. A maior parte já atua no sistema. Os nomes dos vencedores deve sair em 90 dias.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    • Deixou de existir, amigo! A VIP Guarapiranga e M’Boi inclusive está arrancando a adesivagem do consórcio. Ainda tem a Campo Belo, que deixa de existir e irá entrar um novo consórcio no lugar, formato por Transpass, RVTrans e Ambiental

  • Cara que armação um concorrente por lote é claro que as empresas combinaram isso antes p nada mudar. Deveriam abrir uma concorrência internacional . Ai eu ia querer ver Brasil é foda

    • E quem é que viria, parceiro? Essa licitação está vindo é ótima hora para essas empresas, porque a tendencia seria que mais empresas entrassem mesmo (antes não tinha como, já que está tudo armado desde quando o Haddad tentou licitar). Nenhuma empresa de outros estados tentaram, como a Leblon e Fazenda Rio Grande de Curitiba. As cartas estão marcadas há muuuuito tempo!

  • Mapa da linha estrutural está meio errado.. VIP iria deixar a sambaiba entrar na leste toda? Ainda mais ela que já opera linhas com padrão que será a estrutural.

    Trolebus ficando com a MOBI? DEUS É mais..

  • Ta pareçendo no A.B.C paulista. Onde a E.O.S.A faz até esvaziar desde 2006.
    Que a e.m.t.u não consegue licitar as linhas intermunicipais.

  • não estou entendendo bem a disposição dos lotes, pois vi que a Mobibrasil apresentou proposta no lote E 5 e a viação Grajaú no lote E6 se meu raciocinio estiver correto, a Mobibrasil deixará de operar as linhas 675M, 5652 e 6000. se alguem puder explicar aqui com ficará o mapa dos transportes, a que area ou região pertence cado lote na nova licitação, sertá de grande valia

Publicidade

Assuntos

Cadastre-se em nossa newsletter!

Cadastre-se em nossa newsletter!