Metrô SP

Proposta de novo traçado da Linha 20-Rosa do Metrô corta três estações

A proposta de traçado mais atual da Linha 20-Rosa do Metrô, que vai ligar a Água Branca em São Paulo, na estação Santa Marina, até Santo André no ABC, foi estendida, dos 27 km que foram expostos em um relatório publicado recentemente pela companhia, para 31 km, segundo edital de licitação do anteprojeto funcional, lançado nesta semana.

Porém, a nova ligação metroviária perdeu três estações ao londo do trajeto. Na proposta antiga eram 28 e agora são 25. Vila Beatriz e Natingui acabaram sendo suprimidas pelas nova estação Purpurina. Vila Helena, entre Hélio Pelegrino e Moema também foi suprimida. Outro caso de corte foi Vila Morais, que ficava entre Cursino e Arlindo Vieira.

Mapa atual:

Mapa anterior:

Fonte: Relatório Integrado – Metrô de São Paulo – 2019

Outra mudança, foi alteração no traçado em Santo André, deixando de atender o bairro do Campestre e passando a atender a Avenida Portugal, mais próxima ao centro da cidade.

O Metrô está na fase de contratação do anteprojeto funcional, e ainda não há como ter uma previsão de obras.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Basicamente pularam a Vila Madalena para não incomodar o bairro e jogaram uma estação lá embaixo e outra bem distante na Aurélia (a verdadeira estação Cerro Corá seria lá no Alto de Pinheiros com Alto da Lapa – por alguma razão estranha, praticamente tornaram a Linha 20 uma continuidade da Linha 2 a partir da Aurélia.
    Não entendo porque não fizeram um trajeto paralelo, que levaria o metrô pela Lapa para Anhanguera e a Linha 2 poderia fazer esse trajeto descendo a Vila Romana e conectando com a Linha 6 até Santa Marina. Atenderia todo o eixo da Vila Ipojuca (que agora ficou sem as 2 linhas) e não prepara a cidade para onde está mais crescendo a cidade (exatamente o eixo noroeste, de Pirituba e Taipas).

    • Para mim a Verde poderia continuar até Domingos De Morais (e assim as Aurélia e Cerro originais voltariam) e lá ela e a Diamante seriam integradas a uma linha que acima iria para Piqueri e alcançaria Cachoeirinha, e abaixo seguiria para Alto da Lapa , Jaguaré e terminaria na Bordô. Já proporam algo assim, mas com logo CPTM, o que discordo.

  • É… na verdade a linha perdeu 5 estações em relação ao mapa antigo (Vila Beatriz, Natingui, Jardim América, Vila Helena e Vila Morais), sendo só uma estação englobando duas (Purpurina) além de Santa Marina

  • Calma gente.

    Vocês estão fazendo muito drama sobre um projeto que sequer passou da fase de esboço. Esse mapa aí é só um esboço aproximado, nem mesmo as estações nele estão definidas e ou garantidas. Somente depois do estudo funcional concluído que as estações estarão mais definidas.

    E, ainda assim, sempre ocorrem mudanças até com a obra em andamento (vide a Linha 1 que perdeu o Ramal Moema e ganhou a estação Tiradentes durante a obra rolando em 1971).

  • Na moral, acho que essa linha nem saí, creio que a divulgação dessa nova linha foi só uma “cortina de fumaça” para abafar a sacanagem que fizeram com a Linha 18.

Publicidade

Anúncios