Airbus A380 da Emirates | Foto: Alan Wilson
Aviação

Emirados Árabes Unidos pode ajudar a Emirates em meio a crise do coronavírus

A Emirates pode receber um resgate financeiro do governo dos Emirados Árabes Unidos (EAU). O príncipe herdeiro de Dubai, Sheikh Hamdan bin Mohammed, declarou em seu Twitter que o governo está planejando injetar capital na operadora.

A Gulf News relata que o príncipe declarou que o governo está analisando dados da transportadora e que a apoiará com uma injeção de dinheiro para manter os negócios em movimento.

“Como acionista das companhias aéreas da Emirates, o governo injetará ações considerando sua importância estratégica para a economia de Dubai e Emirados Árabes Unidos, e o papel fundamental da companhia aérea em posicionar Dubai como um importante centro de aviação internacional” – diz o Sheikh.

A Emirates está com toda sua frota aterrada há mais de uma semana, com exceção de voos de resgate, de transporte de materiais de saúde ou profissionais da área médica. A medida foi após os Emirados Árabes Unidos adotaram medidas para proibir todos os voos de passageiros na região.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios