Aviação

Coronavírus: Aéreas avaliam que atual crise é pior do que o 11 de setembro

O surto provocado pelo Covid-19 já provocou mais de 5 mil mortes em todo o mundo, e a pandemia afeta bolsas de valores ao redor do planeta. Mas um setor especificamente está sofrendo bastante com o avanço da doença, o da aviação comercial, e empresas de todo o planeta vem aterrando aeronaves e já pensam em demitir colaboradores. Não se via uma crise dessa magnitude desde os atendados de 11 de setembro.

Leia também:

Delta

Em um comunicado divulgado nesta sexta-feira, 13 de março de 2020, o CEO da Delta, Ed Bastian, compartilhou que sua empresa aterrará 300 aeronaves e cortará 40% de seus voos.

Boeing 777-232 da Delta Air Lines

Trata-se do maior corte na história da Delta, ainda mais do que após o 11 de setembro. Agora, a companhia aérea se concentrará em operar suas aeronaves menores devido à demanda reduzida. Junto com essas ações, a operadora adiará suas novas entregas de aviões para manter o fluxo de caixa e reduzirá as despesas de capital em pelo menos US $ 2 bilhões em 2020.

Lufthansa

A transportadora de bandeira alemã, Lufthansa, planeja solicitar auxílio estatal. Dois terços das 800 aeronaves do grupo da companhia aérea serão aterradas.

British Airways

O CEO da British Airways, Alex Cruz, emitiu um alerta sobre a gravidade da crise do coronavírus. Em um memorando interno, o executivo disse que a companhia aérea estava enfrentando “uma crise de proporções globais como nenhuma outra”.

“Como resultado, estamos suspendendo rotas e estacionando aeronaves de uma maneira que nunca tivemos antes. Por favor, não subestime a seriedade disso para a nossa empresa.” – afirma ainda o comunicado.

Cruz ainda falou sobre o corte de empregos. “Para ser franco, dadas as circunstâncias em mudança, não podemos mais sustentar nosso atual nível de emprego e os empregos serão perdidos.”

Latam

Na América do Sul, a Latam já anunciou o corte de 30% de seus voos internacionais, e em um comunicado interno abriu licença não remunerada para seus colaboradores.

 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios