Aviação

FAA determina inspeções no software de controle de voo do Boeing 737NG

A Administração Federal de Aviação – FAA, órgão regulador da aviação norte-americana, pretende exigir que as companhias aéreas inspecionem computadores de bordo de mais de 500 modelos Boeing 737NG, para lidar com os riscos de que as aeronaves possam flutuar abaixo da pista de planeamento durante o pouso, de acordo com uma publicação da Flight Global.

Uma nova regra lançada em 26 de fevereiro, visa aeronaves com computadores de controle de voo equipados com versões de “software de programa operacional”P8.0” e “P9.0“.

A fabricante de aeronaves já lançou uma atualização de software para resolver o problema, e o pedido da FAA, se finalizado, daria às companhias aéreas um ano para fazer as atualizações.

“A FAA recebeu relatos de que, durante as aproximações do sistema de aterrissagem por instrumentos acoplados ao piloto automático, o avião não capturou nem rastreou a pista deslizante corretamente”, diz a regra proposta. “Isso fez com que os aviões continuassem descendo abaixo da pista de deslizamento sem nenhuma indicação de falha do sistema de piloto automático”.

No Brasil, a Gol possui aeronaves 737 NG, mas não há informações de que a frota da empresa brasileira deva passar por revisões.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios