Aviação

Testes avançam e Boeing 777X pode ter primeiro voo no começo de 2020

O Boeing 777X pode ter seu primeiro voo no começo de 2020. A aeronave foi lançada há seis anos e sofreu vários atrasos na produção durante esse período. No final de maio de 2019, os testes encontraram problemas de durabilidade com as palhetas do estator, no segundo estágio do compressor de alta pressão do motor GE9X.

Os equipamentos atualizados foram devolvidos à fabricante em outubro. Juntamente com a solução do problema das palhetas do estator, a GE fez algumas alterações adicionais no projeto para melhorar o mecanismo do maquinário.

Mas um relatório da Airline Ratings desta terça-feira, 17 de dezembro de 2019, confirma que os motores GE9X atualizados estão sendo instalados em aeronaves 777X no Paine Field Airport em Everett, WA. Um porta-voz da Boeing disse ao Simple Flying que os trabalhos caminham:

“Continuamos avançando em nossos testes pré-voo, focando nos sistemas finais, propulsão e testes no nível do avião. Nos resultados dos testes de avião estático, nossa análise detalhada dos dados está progredindo bem. O que vimos até agora reforça nossa avaliação prévia de que isso não terá um impacto significativo no design ou nos preparativos para o primeiro voo.

O mecanismo GE9X continua sendo o item de ritmo enquanto trabalhamos para o primeiro voo. A GE, nosso fornecedor de motores, fez um bom progresso para enfrentar os desafios de durabilidade. A GE instalou componentes de modernização nos mecanismos de teste de certificação e o teste foi reiniciado.”

Boeing espera que a primeira aeronave 777X seja entregue em 2021.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios