Aviação

Associação de pilotos estão preocupados com voos supersônicos comerciais

Representantes da Associação de Proprietários e Pilotos de Aeronaves (AOPA) levantaram preocupações sobre a segurança da aviação geral, particularmente para voos operando sob as Regras de Voo Visual (VFR), segundo uma publicação do site Simple Flying.

Visual flight rules (VFR – Regras de Voo Visual) é o conjunto de procedimentos e regras utilizados na operação de aeronaves quando as condições atmosféricas permitem ao piloto controlar visualmente a altitude do aparelho (por referência ao horizonte), navegar, e assegurar a separação de obstáculos, terreno e outro tráfego aéreo.

A AOPA está especialmente preocupada com a capacidade dos pilotos que operam sob VFR para ‘ver e evitar’ aeronaves supersônicas voando acima de Mach 1. Eles citam um risco particular para aeronaves que usam VFR e voam acima de 10.000 pés

“Dado esse perigo, acreditamos que a FAA deve estudar se as velocidades subsônicas abaixo do Nível de Vôo 180 (FL180) devem ser exigidas… [A FAA] deve examinar qualquer aplicação terrestre para velocidades supersônicas abaixo de FL180 que não incluam mitigações eficazes para enxergar e evitar”, disse um comunicado da AOPA.

De acordo com os dados da associação, 39% dos pilotos voam acima de 10.000 pés msl e 80% usam VFR pelo menos na metade do tempo.

Desde a década de 70, aviões civis foram proibidos de operar em velocidades acima de Mach 1 nos Estados Unidos. No entanto, os operadores podem solicitar uma isenção especial, por exemplo, para testar novos tipos de aeronaves. Há em discussão da revisão da regra para facilitar a reintrodução de aviões desse tipo.

“O Departamento de Transportes dos EUA e a FAA estão comprometidos com a pesquisa e desenvolvimento seguro e ambientalmente correto de aeronaves supersônicas. Estamos confiantes na próxima geração de pioneiros da aviação que desejam abrir novas oportunidades para o crescimento dos negócios, da economia e da aviação.”, disse o administrador interino da FAA, Dan Elwell.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios