Aviação

Cão de apoio emocional ataca aeromoça da American Airlines

Um cão de apoio emocional de um passageiro atacou uma comissaria de bordo do vôo A3506 da American Airlines. O avião partiu de Dallas-Fort Worth e seguia para Greensboro, Carolina do Norte, quando o ataque ocorreu.

A companhia confirmou o incidente ao site Simple Flying, e a comissária de bordo da Envoy Air, subsidiária da American Airlines, precisou de cinco pontos em sua mão quando retornou à Dallas-Fort Worth International.

A Associação de Comissários de Bordo-CWA emitiu um comunicado sobre o incidente ao solicitar ao Departamento de Transporte dos EUA que aumentasse ainda mais a regulamentação de animais de apoio para a segurança dos trabalhadores.

Na America do Sul, empresas aéreas aceitam este tipo de animal. A Latam por exemplo, exibe em seu site o seguinte comunicado: “A LATAM somente aceita cães como animais de estimação para apoio emocional. Entendemos que se trata de uma questão importante para você. Por isso, você poderá viajar com ele se o tamanho do animal permitir encaixá-lo sob o assento dianteiro ou a seus pés, sem obstruir o corredor. Lembre-se que este serviço não possui nenhum custo associado e que você deve apresentar um atestado médico ao solicitar o serviço e durante o embarque.”

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios