Aviação

Ameaça terrorista evacua voo em Nova York

Um voo da JetBlue em Nova York foi evacuado depois que os comissários de bordo suspeitaram de uma mensagem com foto de um colete “suicida“, entregue diretamente em seus telefones enquanto o avião taxiava para a decolagem.

O voo 573 estava taxiando no Aeroporto Internacional Newark Liberty para decolar para o Aeroporto Internacional de Tampa quando dois comissários de bordo receberam uma notificação aérea em seus iPhones.

Airdrop, ou transferência de arquivos Bluetooth, é uma forma de enviar conteúdo de um dispositivo Apple para outro sem usar a internet, WiFi ou redes móveis. Neste caso, os arquivos podem ser enviados anonimamente e entregues sem primeiro pedir permissão. Ambas as comissárias de bordo tinham seus telefones como “detectáveis” e, sem aviso prévio, receberam a foto.

Os comissários então avisaram o piloto, que tomou a decisão de taxiar a aeronave até um ponto remoto e desembarcar os passageiros.

“Nós chegamos ao portão e depois nos afastamos e o comandante aparece e diz que houve uma ameaça à segurança. Fiquei nervoso quando vi policiais da Autoridade Portuária entrando no avião e não faz ideia do que estava acontecendo”, disse Thomas Desmond, um passageiro à NBC News.

Todos os 150 passageiros foram levados de volta para o terminal, e foram submetidos a exames de segurança extras. Toda a bagagem também foi removida e examinada.

Depois de todos os procedimentos, a tripulação e os passageiros foram liberados e a aeronave continuou em direção ao seu destino original.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios