A330 da Air Europa
Aviação

Deputados aprovam bagagem grátis em voos domésticos e operadoras estrangeiras

A câmara dos deputados aprovou a medida provisória que autoriza a operação de empresas áreas com 100% de capital estrangeiro. Uma outra MP iria perder a validade nesta quarta-feira, 23 de maio.

Outra novidade é a aprovação da volta do despacho gratuito de bagagem em voos. Ambas as medidas ainda precisam ser votada pelo Senado para não caducar e virar lei definitiva.

No caso das companhia estrangeiras, o governo acredita que o novo cenário pode abrir caminho para empresas de baixo custo, chamadas de low cost.

Bagagens pagas não reduziram tarifa

Os deputados atestaram que a implementação da cobrança de bagagem não reduziu o preço das passagens aéreas. Essa havia sido a principal justificativa da Agência Nacional de Aviação Civil – Anac, quando editou a nova resolução que restringiu as malas e volumes.

Nos voos domésticos, os passageiros passam a ter direito, se a medida virar lei, a uma mala de até 23 kg nos aviões acima de 31 assentos.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!