Aviação

Embraer busca parcerias em mercados da Ásia

Foto: Antônio Milena/ABrAgência Brasil

A empresa Embraer busca parcerias na Ásia para vendas de aeronaves, e esta presente no Singapore Airshow, em Singapura, uma feira de aviação no continente. Segundo estimativas, a região da Ásia-Pacífico demanda de 1.570 novos jatos de 70 a 130 assentos nos próximos anos, e estas configurações são a especialidade da fabricante brasileira.

A fabricante projeta também que esta demanda pode movimentar US$ 75 bilhões (considerando apenas o valor de aeronaves Embraer). Nas próximas duas décadas, todo o mercado vai precisar de 6.350 novos jatos da categoria, volume avaliado em US$ 300 bilhões.

“Estamos mostrando às companhias aéreas o benefício de afastar-se de um mercado lotado e buscar oportunidades em mercados que estão atualmente carentes, ou sem serviço algum, onde os rendimentos são também mais fortes, passando de um a dois dígitos”, contou Paulo Cesar Silva, Presidente da Embraer Aviação Comercial.

As aeronaves da Embraer são apresentados como uma alternativa mais barata em relação a jatos maiores, a exemplos dos modelos Boeing 737 e Airbus A320. A empresa brasileira é uma das maiores fabricantes de aeronaves do mundo, com atuação nos segmentos de aviação executiva, comercial, agrícola e militar.

Com as informações de Airway

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!