Brasil

Campinas volta a discutir transporte sobre trilhos com o Estado

Campinas já teve um sistema urbano de transporte sobre trilhos, entre os anos de 1990 e 1995, desativado após o fim da Fepasa. O prefeito Jonas Donizette (PSB), voltou a mencionar a volta de um atendimento de trem na região, e o administrador se reuniu com o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, como tentativa de participação do Estado na elaboração do programa.

A expectativa é que Jonas termine seu mandado com os projetos prontos. “Iniciamos a conversa e acho que poderemos contar com o Estado para a elaboração do projeto. O momento econômico não favorece a implantação, mas queremos ter o projeto pronto, com estudos de viabilidade econômica, técnica e ambiental para quando for possível, desencadear a implantação. Sem participação do Estado é impossível bancar o projeto”, afirmou o prefeito.

Nesta fase do projeto será definida a tecnologia empregada na nova linha. “Temos que discutir o modelo, mas não há dúvida que a solução para a mobilidade urbana de Campinas tem que incluir os trilhos”, disse Jonas.

Apesar da afirmação, o prefeito disse que o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) seria economicamente mais viável, na comparação com o Monotrilho e com o Metrô enterrado. A cidade possui 120 quilômetros de leitos ferroviários.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios