São Paulo

Velocidade nas Marginais: Justiça da 72 horas para explicação

A Justiça de SP determinou que a Prefeitura de São Paulo tem 72 horas para dar explicações sobre a redução da velocidade máxima nas Marginais Pinheiros e Tietê. A decisão foi acatada depois que a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) entrou com ação contra a medida.

A OAB pede que as antigas velocidades (90 km/h na expressa e 70 km/h na local) sejam retomadas e prevê o caos na volta das férias escolares caso as velocidades continuem reduzidas. A OAB diz ainda que a gestão Haddad transfere para o cidadão a responsabilidade de falta de segurança sem antes discutir o tema com a sociedade. Outro ponto citado pela a OAB é que a medida deveria ter sido aplicada gradativamente, em um período, de no mínimo, 3 meses.

O Ministério Público também abriu inquérito sobre a redução das velocidades nas marginais e deu prazo de 15 dias, contando desde o ultimo dia 16, para que a Secretaria dos Transportes envie os estudos prévios que foram adotados para que fosse tomada estas medidas.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios