São Paulo

Nova Marginal: R$ 1,5 bilhões para mais congestionamentos

O conjunto de obras feito pelo ex-governador José Serrá foi defendida como crucial para reduzir o nível de congestionamento. Serra na época da inauguração chegou a afirmar: "Pode anotar. Não vai mais ter congestionamento aqui" Leia mais...

 

Na semana passada nós elegemos aqui no Via Trolebus os símbolos de São Paulo que privilegiam o transporte individual motorizado, as obras que consumiram milhões e que não resolveram o problema da mobilidade. (veja aqui)

Uma delas foram as novas marginais. Uma reportagem do jornal “O Estado de São Paulo” aponta que desde sua inauguração, a média de trânsito na marginal Tietê subiu 80%, de 19,8 km para 35,7 km.

O conjunto de obras feito pelo ex-governador José Serrá foi defendida como crucial para reduzir o nível de congestionamento. Serra na época da inauguração chegou a afirmar: “Pode anotar. Não vai mais ter congestionamento aqui”. As construções consumiram R$ 1,5 bilhão de reais, correspondendo a um quarto do que se estima gastar nas obras do Monotrilho da Linha 15-Prata, conforme menciona a reportagem.

Especialistas criticam obras que privilegiam o automóvel

“Foi uma obra inútil e, quando insistirmos na locomoção por transporte individual, a mobilidade não vai melhorar. Foi dinheiro jogado fora” disse Horácio Augusto Figueira, Mestre em Transportes pela Universidade de São Paulo (USP), ouvido pela reportagem.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios