Monotrilho

Consórcio quer antecipar entrega do Monotrilho da Linha 18

Com previsão de obras para 2015, o consórcio responsável pelas obras e posteriormente a operação, o ABC Integrado divulgou que adianta processos para acelerar a implantação. O grupo de empresas está trabalhando na questão burocrática e que pode acelerar a obra. De acordo com o site TV Berno, o consórcio pretende  concluir as obras antes do prazo de quatro anos, o que também adiantaria a inauguração e, consequentemente, a entrada de receitas.

A Linha 18 tem custo estimado de R$ 4,2 bilhões, dos quais R$ 3,8 bilhões no projeto e outros R$ 406 milhões em desapropriações. Do total, R$ 2,335 bilhões serão custeados pelo Estado de São Paulo e o governo federal contribuirá com cerca de R$ 400 milhões provenientes do PAC 2, para as desapropriações.

A nova ligação é o terceiro ramal que correrá por meio de um monotrilho, Com 14,9 quilômetros de extensão e 13 estações, a linha vai ligar São Bernardo do Campo, Santo André e São Caetano à Estação Tamanduateí. A linha 18 deve usar a tecnologia da empresa Scomi, também responsável pelo projeto da Linha 17-Ouro.

IMG_0430

 

 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios