Monotrilho

Governo pode romper contrato com BYD para monotrilho de Salvador

O Governo do Estado da Bahia pode romper contato com a BYD para o fornecimento de um monotrilho na Região Metropolitana de Salvador. De acordo com o jornal “O Correio“, o governador Rui Costa (PT), está decidido a encerrar a Parceria Público-Privada (PPP) com o Consórcio Skyrail, mas não sabe como.

A fabricante teria exigido aditivo de R$ 1,5 bilhão para continuar a obra, pedido negado pela administração estadual. A recusa, entretanto, pôs o governo estadual em uma cilada. A ideia inicial era cancelar a PPP por descumprimento de cláusulas contratuais, como atrasos na obra.

Segundo ainda o texto, o poder público não advertiu o consórcio previamente, o que deve tornar o cancelamento caso de justiça.

O meio de transporte foi concebido para operar no lugar de um sistema de trens, este que já teve suas estações demolidas. Ou seja, o passageiro ficou sem o trem e agora pode ficar sem o monotrilho.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios