CPTM Greve

Ferroviários da CPTM voltaram ao estado de greve

Ferroviários do Sindicato Central do Brasil afirmam que o governo estadual não cumpriram acordo e retornaram o estado de greve. A entidade que representa os trabalhadores das linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade da CPTM, atendimentos que tiveram greve nesta semana, não definiram uma data para uma nova paralisação.

O sindicato afirma que a CPTM não cumpriu acordo de reajuste e ainda demitiu funcionários, ainda que o estado tenha prometido suspender as demissões.

O fim da greve se deu por meio de um acordo inusitado entre representantes da categoria e o secretário durante um programa policial de TV.

Já o Secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, usou as redes sociais para responder a entidade.
Quero deixar claro que a posição do Governo de São Paulo é de cumprir os compromissos que realiza. Portanto ao Sindicatos que representam ferroviários da CPTM, o que foi acordado será cumprido: a readmissão dos trabalhadores demitidos e as reivindicações econômicas. A reunião solicitada através do programa Datena seria para tratar de pontos que foram solucionados no momento, portanto esta reunião para atendimento do sindicato foi agendada conforme tratativa, para próxima semana, não havendo urgência. Muito obrigado e vamos TRABALHAR”.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios