Foto: Renato Lobo | Via Trolebus
CPTM

Estado ainda avalia incluir Linha 10 da CPTM na concessão do TIC e Linha 7

Nesta segunda-feira, 16 de agosto de 2021, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos realizou a primeira audiência pública do Trem InterCidades e concessão da Linha 7-Rubi da CPTM.

A apresentação foi online e trouxe alguns pontos importantes do projeto. O texto, entretanto, não menciona a inclusão da Linha 10 na concessão, e revela a Linha 7 partindo de Barra Funda para Francisco Morato, e o trajeto do TIM – Trem Intermetropolitano, entre Francisco Morato e Campinas. A falta do atendimento que corta o ABC Paulista pode significar o fim do serviço 710.

Mas o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, em entrevista coletiva após a realização do evento, informou que ainda há estudos para inclusão da Linha 10. “Nós faremos ainda estes estudos para a possibilidade de ser incluída a Linha 10 ou não. Se for incluso, com certeza fará parte do projeto em uma operação que vai de Jundiaí até Rio Grande da Serra“, disse Baldy na coletiva.

Renato Lobo | Via Trolebus

Balanço positivo do 710

O serviço 710 da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM, quando completou sessenta dias, teve avaliação positiva dos passageiros.

Um balanço da própria operadora aponta que a mudança foi bem recebida pelos passageiros. “Também podemos observar uma melhora no tempo de percurso, principalmente no trecho entre Brás e Luz, que pode ser explicada pela extinção da parada prolongada que antigamente era realizada no Brás”, disse Vagner Rodrigues, Gerente Geral de Operação da CPTM.

De acordo com a CPTM, com a nova configuração operacional, estima-se que cerca de 165 mil passageiros tenham sido beneficiados diariamente com o fim da transferência entre trens na Estação Brás, aproximadamente 30% do total transportado nas duas linhas. Além disso, segundo estudos preliminares, os passageiros economizam 8 minutos não realizando a transferência nas Linhas 7 e 10.

Já Pedro Moro, presidente da CPTM, disse de acordo com a nota, que a satisfação do passageiro é uma conquista de centenas de colaboradores que, diariamente, se esforçam para melhorar o atendimento e a vida dessas pessoas que dependem da companhia para se locomover diariamente, principalmente em tempos de pandemia. “É um desafio diário, mas sempre envolvido em muito planejamento e, principalmente, em respeito por quem utiliza os nossos serviços”, afirma.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios