Foto: Renato Lobo | Via Trolebus
Monotrilho

Lançamentos das vigas-trilho no monotrilho da Linha 17-Ouro começam em julho

As obras do monotrilho Linha 17-Ouro, que foram reiniciadas em janeiro deste ano, após um longo imbróglio judicial envolvendo empresas participantes da licitação, estão em curso com a promessa dos gestores públicos de ser entregue em 2022.

Em maio, os canteiros de obras tinham 600 trabalhadores que estão focados no acabamento das 7 estações e do Pátio Água Espraiada. A linha permitirá um acesso direto ao saguão do Aeroporto de Congonhas e com as linhas 9-Esmeralda, na Estação Morumbi, e 5-Lilás na Estação Campo Belo. Serão atendidos em torno de 170 mil pessoas por dias.

Uma das fases mais aguardadas é o lançamento das vigas-trilhos, por onde os trens correrem. De acordo com o presidente do Metrô, Silvani Pereira, nas redes sociais em resposta a um seguidor nas redes sociais, os trabalhos devem ser iniciados no começo do próximo mês. “As obras de todas as estações da linha 17 foram retomadas. Estamos preparando o lançamento de vigas que deve ser iniciado no próximo mês”, disse Silvani.

Foto de Sergio Mazzi

Intervenções na marginal

O Metrô de São Paulo informou no final de maio, que a pista expressa da Marginal Pinheiros ficaria interditada parcialmente para obras da Linha 17-Ouro. De acordo com um comunicado da empresa, o bloqueio é na primeira faixa da esquerda, no sentido Castelo Branco, que ficará fechada por 60 dias em um trecho de 240 metros, a partir da altura da Rua Engenheiro Mesquita Sampaio.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios