Monotrilho

Colisão entre dois trens do monotrilho completa 2 anos. O que se sabe sobre a ocorrência?

No dia 30 de janeiro de 2019, duas composições do monotrilho da Linha 15-Prata se chocaram na estação Jardim Planalto. Na época, a parada ainda não havia sido inaugurada e os trens não transportavam passageiros.

Passados mais de dois anos da ocorrência, há poucas respostas sobre a colisão. No Instagram do presidente do Metrô, Silvani Pereira, um seguidor, o Igor Roberto da Rede Noticiando, questionou sobre o desfecho da batida.

Já Silvani Pereira, esclareceu que não houve falha técnica e que a operadora revisou procedimentos. “A apuração concluiu que não houve falha técnica e o Metrô revisou os procedimentos operacionais da linha. As tratativas técnicas foram feitas com a Bombardier Transportation e estamos aguardando a resposta da seguradora”, respondeu o presidente:

Na época, o Metrô informou que abriu sindicância para apurar as causas do acidente. “Eu gostaria de frisar que o metrô é um transporte seguro. Nós seguimos inúmeros protocolos técnicos para que não tenha nenhum tipo de problema e possa oferecer o melhor transporte para o nosso cliente. O que aconteceu ontem foi a colisão de um trem que estava parado fora da área com um trem que estava fazendo manobras”, disse na época o diretor de operações do Metrô, Milton Gioia.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios