Ônibus

Marcopolo prevê 400 ônibus elétricos e híbridos circulando até 2022

Recentemente a Marcopolo lançou seu primeiro veículo leve sobre pneus – VLP 100% elétrico do Brasil, que deve rodar em São José dos Campos (SP), além do primeiro ônibus rodoviário movido a eletricidade da região sul, no ano passado.

A fabricante está otimista na adoção da tecnologia mais limpa, e conta com atualmente com 370 veículos elétricos e híbridos rodando em diversos países, incluindo Argentina, Austrália e Índia. No Brasil, são 75 veículos. Até 2022, outras 400 unidades serão postas em circulação na América Latina.

“O transporte coletivo apresenta vantagens para a introdução de ônibus com propulsão elétrica uma vez que opera em sistema de “arranca e para” – com um sistema de carregamento mais fácil e frequente, é possível equipá-los com baterias suficientes sem ocupar muito espaço ou tornar o veículo pesado”, explica o gerente de Engenharia de Planejamento e Produto da Marcopolo, João Magnabosco.

A adoção de coletivos com tecnologia limpa é uma tendência mundial. Para a fabricante, há um ambiente propício no mercado brasileiro para o desenvolvimento do transporte com propulsão elétrica, com provedores de energia dispostos a investir no sistema. Além do benefício ambiental, a mobilidade elétrica tem custo operacional inferior se comparado ao diesel e a adoção tende a ser decisiva para um futuro sustentável.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios