Foto: Governo do Estado de São Paulo
Monotrilho

Metrô vai desapropriar para extensão do monotrilho após a Vila Prudente

O Metrô de São Paulo está trabalhando para desapropriar 18 imóveis na região da Vila Prudente para obras de prolongamento do monotrilho da Linha 15-Prata, de acordo com publicação do jornal do Agora.

O local de trabalho é após a estação Vila Prudente até a Rua Amparo/Dianópolis. Desde o dia 24 de outubro, a implantação de uma nova área de manobra de trens vem sendo feita para permitir a redução do intervalo.

Além disso, o trecho será usado futuramente para os trens em direção à estação Ipiranga, na Linha 10 da CPTM, “gerando mais rapidez entre a casa e o trabalho para os cidadãos da zona leste”, diz uma nota da empresa ao jornal.

Sobre a chegada do meio de transporte até a Ferrovia, segundo o presidente do Metrô, em uma reposta na rede social, o prolongamento está na fase do projeto executivo. Neste fase, de acordo com a Lei 8.666/93, os trabalhos estão no “conjunto dos elementos necessários e suficientes à execução completa da obra, de acordo com as normas pertinentes da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT.”

Estação Ipiranga | Foto: Renato Lobo

Portanto é o projeto executivo que vai direcionar as indicações do projeto básico para suas devidas especializações, no ponto de vista de engenharia e sistemas.

Promessa para até 2024

A expansão do monotrilho da Linha 15-Prata entre Vila Prudente e Ipiranga, e entre Jardim Colonial e Jacu-Pêssego, entraram pela primeira vez no Relatório de Empreendimentos do Metrô, datado do mês de agosto. Junto com as extensões, há também menção ao Pátio Ragueb Chohfi, e os prolongamentos estão previstos para 2024, de acordo com o documento.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios