Foto: Redes sociais do presidente do Metrô, Silvani Pereira
Metrô SP

Metrô tem data para entregar a estação Vila Sônia à ViaQuatro

Com previsão de abertura para o primeiro semestre de 2021 da estação Vila Sônia, na Linha 4-Amarela, o Metrô tem uma data para entregar a parada à concessionária ViaQuatro. De acordo com Relatório de Empreendimentos – Julho/2020, no site da operadora, a meta de repassar o local para gestão privada em março de 2021.

A entrega para a concessionária não significa operações imediatas, já que testes e treinamentos devem ser feitos. Mas pode indicar uma data aproximada, com semanas de diferença.

As obras físicas estão previstas para serem finalizadas ainda neste ano, em dezembro, segundo diversas respostas aos usuários do presidente do Metrô, Silvani Pereira, em suas redes sociais.

Foto: Redes sociais do presidente do Metrô, Silvani Pereira

A chegada do Metrô em Vila Sônia não marcará o ponto final definitivo do eixo metroviário que parte da Luz. A projetos de levar a Linha 4 até Taboão da Serra, mas a extensão não é prioritária.

Quando inaugurada Vila Sônia, a concessionária operará uma linha de ônibus até Taboão da Serra. O passageiro pagará, ao entrar no ônibus, a tarifa do Metrô, e desembarcará na estação após as catracas.

Não se sabe se haverá pontos intermediários ou será uma ligação direta. Uma das hipóteses é ter uma parada perto do Parque Chácara do Jóquei.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Ônibus “após as catracas” de que forma mágica é isso? Vai ter uma escada direta exclusiva do terminal até o mezanino após a catraca? Acho bem improvável isso, pelos projetos que vi o acesso à área paga é único: através das catracas. Então ou vai ter algum “bilhete especial” no estilo PAESE ou simplesmente não vão cobrar passagem nesses ônibus, o que acho mais viável.

Publicidade

Anúncios