Metrô SP

Extensão da Linha 4 do Metrô até Taboão segue sem prioridade

As obras na estação Vila Sônia podem terminar no final do ano, se o cronograma do governo estadual for seguido, e a operação do terminal na Linha 4-Amarela do Metrô está prevista para ocorrer no primeiro semestre de 2021.

Há previsão futura de que o eixo metroviário seja estendido rumo a Taboão da Serra, com uma parada intermediária na futura estação Chácara do Joquei. Existe a possibilidade do projeto ser tocado pela operadora, a ViaQuatro conforme o próprio presidente do Metrô, Silvani Pereira.

Mas, a chegada do atendimento até a cidade vizinha à capital não é considerada prioritária, de acordo com as respostas mais atuais de Silvani aos usuários que perguntam sobre a extensão em suas redes sociais. O presidente do Metrô afirma que primeiro as obras em andamento devem ser finalizadas:

Atendimento por ônibus

Quando inaugurada a estação Vila Sônia, a concessionária operará uma linha de ônibus ligando Taboão da Serra a futura parada. O passageiro pagará, ao entrar no ônibus, a tarifa do Metrô, e desembarcará na estação após as catracas.

Não se sabe se haverá pontos intermediários ou será uma ligação direta. Uma das hipóteses é ter uma parada perto do Parque Chácara do Jóquei.

Promessa de 2010

A promessa é antiga, e as primeiras notícias vieram a tona em 2010, quando era previsto que o ramal chegaria à cidade já em 2014. Quando candidato, o governador João Doria, em visita à região, chegou a prometer a extensão.

A chamada fase 3 conta com 2,7 quilômetros a partir do futuro terminal Vila Sônia até Taboão da Serra. Foi prometida também em anúncio do governador Geraldo Alckmin em maio de 2012, a um custo de 1,2 bilhão de reais.

Em 29 de julho de 2014, um vídeo foi publicado pela ViaQuatro com os detalhes da extensão até Taboão. O novo trecho beneficiará cerca de um milhão de pessoas, a maioria de baixa renda, dando melhor acesso a novos empregos e educação.

Hoje, entre Taboão da Serra e o centro de São Paulo, uma pessoa gasta 1h35; com a extensão da linha, esse tempo cairá para 24 minutos.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Ola Sr. Renato e amigos
    Bem eu moro nesta região, e nunca acreditei muito nessas promessas e agora então é que ficou muito difícil com a pandemia e o reflexo na economia. Eu acho que o melhor para o momento vai ser colocar a estação VS pra funcionar o quanto antes e de acordo com o movimento retomar os planos em direção ao Taboão ou outras duas possibilidades. Na segunda possibilidade seguir até o piscinão da Sharp ou Terminal Campo Limpo desafogando toda aquela região e a terceira já seria uma obra mais elaborada e difícil :- Seguir ate o terminal Campo Limpo e virar a esquerda até a estação Vila das Belezas ou Estação Campo Limpo onde faria o laço criando novas alternativas de trajetos e igualando a linha amarela em comprimento com as demais.
    Abraços a todos e vamos ter fé
    Gilberto

Publicidade

Anúncios