Estacionamento Rapadura | Foto: Página "Linha 2 Verde Vila Prudente e Penha" no Facebook
Metrô SP

Metrô suspende corte de árvores e trabalhos em expansão na Linha 2-Verde

O corte de 350 árvores na expansão da Linha 2-Verde do Metrô, entre Vila Prudente e Penha, causou uma polêmica entre moradores da Zona Leste de São Paulo, e acabou virando caso de justiça, quando o Ministério Público de São Paulo pediu a suspensão da retirada. A população acabou sendo contra a retirada da vegetação, e protestou nas redes sociais.

Mas, segundo o presidente da companhia, Silvani Pereira, os trabalhos foram suspensos até que “todos os esclarecimentos à população e todos os órgãos envolvidos”. A declaração foi dada em uma postagem de Silvani sobre o dia da árvore, que mostrava o presidente plantando mudas nas regiões lindeiras da Linha 15-Prata.

Foto: Renato Lobo | Via Trolebus

Outro detalhe revelado nas redes sociais, é que as obras só seriam reiniciadas após os esclarecimentos. “Nós já suspendemos a ação de retirada de árvores e estamos revisando o projeto. Só reiniciaremos a obra no local quando prestarmos todos os esclarecimentos à população e todos os órgãos envolvidos. Lembramos que o Metrô sempre foi um exemplo na questão ambiental ao respeitar rigorosamente a legislação em seus projetos, que trazem benefícios socioambientais enormes ao tirar milhares de carros das ruas e proporcionar mais qualidade de vida à população. Nossos projetos de compensação ambiental são reconhecidos em vários locais, como o projeto de paisagismo ao longo do monotrilho da Linha 15-Prata” –  diz Silvani.

O local local em questão é o futuro estacionamento rapadura, vital para operação e estratégia dos trens. A previsão é que a expansão até Penha seja concluída em 2026, conectando o ramal à Linha 3-Vermelha. Os trabalhos vão envolver a construção de mais 8,3 km e oito novas estações:

Serão investidos R$ 6 bilhões em recursos exclusivos do Estado. O novo trecho deve acrescentar 300 mil passageiros por dia na Linha 2-Verde, e com isso, a demanda total deve ser de 1,1 milhão.

Há planos sem uma data certa de levar o eixo metroviário da Penha rumo a Guarulhos, na futura estação Dutra, em conexão com a futura linha 19-Celeste.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Uhum! Metrô faltou na audiência pública da semana passada e depois esse senhor vem falar q vai prestar esclarecimentos?

    NÓS, MORADORES DO JARDIM TÊXTIL E REGIÃO SOMOS CONTRA A RETIRADA DE QUALQUER ÁRVORE! SEJA 300, 150 OU UMA!

Publicidade

Anúncios