Aviação

United treina comissários para lidar com o aumento de consumo de vídeos pornográficos em voo

Os comissários da United Airlines estão sendo treinados para lidar com passageiros assistindo pornografia durante os voos. Há uma percepção de que aumentou a pratica nas viagens, com a popularização dos dispositivos móveis.

A companhia aérea informou ao Centro Nacional de Exploração Sexual (NCOSE) que sua equipe começou a ser treinada no mês passado.

“Nos últimos anos, o problema de passageiros de companhias aéreas assistindo pornografia em seus dispositivos pessoais aumentou dramaticamente” – diz Haley Halverson, porta-voz do NCOSE.

Já a operadora norte-americana diz que a pratica pode ser enquadrada como assédio sexual.

“A segurança de nossos clientes e colegas é nossa principal prioridade. Assédio sexual, comportamento inapropriado, intimidação ou predação não têm absolutamente nenhum lugar em nossa sociedade – incluindo, especialmente, em nossa indústria e em nossas aeronaves.

Em 2018, fortalecemos nosso treinamento para os comissários de bordo reconhecerem, abordarem e responderem a casos de assédio sexual de qualquer tipo a bordo de nossas aeronaves e continuaremos a adaptar e aprimorar esse treinamento no futuro.

Reconhecemos a necessidade de continuar a discussão entre todos os nossos grupos de trabalho para garantir ainda mais que nossas políticas reflitam nossos valores e salvaguardem quem viaja conosco” – diz um comunicado da United.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios