Aviação

Airbus aumenta o peso máximo de combustível no A220

A Airbus está planejando um ajuste adicional no desempenho do A220, aumentando o peso máximo de combustível e o peso máximo de pouso do twinjet. A ação deve aumentar o peso em pouco mais de 1,8 toneladas, o que fornecerá “flexibilidade operacional” por meio de capacidade adicional de carga.

O gerente do programa A220, Florent Massou, disse ao site FlightGlobal que a mudança será introduzida como uma opção nas duas variantes da aeronave, o -100 e -300 – em 2022. A medida está sujeita a aprovação regulatória.

O peso máximo atual de combustível zero para o -100 é de 50,3 toneladas, enquanto o do -300 é de 55,8t. Seus pesos máximos de aterrissagem são respectivamente 52,4 te 58,7 t.

A fabricante planeja certificar o A220-300 no segundo semestre deste ano com um peso máximo de decolagem de quase 69,9 t.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios