Aviação

Emirates reduz compra do Boeing 777X e deve testar modelo em Dubai

Emirates reduziu o volume de compra da nova aeronave 777X da Boeing. Em contrapartida, encomenda 30 unidades do 787-9 Dreamliner. O acordo foi anunciado na manhã de quarta-feira, 20 de novembro de 2019. O valor do pedido é de US$ 8,8 bilhões.

A operadora havia pedido 150 aeronaves 777Xs, mas o programa sofreu atrasos, então 30 dos 777Xs foram convertidos em 787-9s.

“Tenho o prazer de anunciar um pedido firme para 30 Boeing Dreamliners. Esse é um investimento importante e uma adição à nossa frota futura e reflete os esforços contínuos da Emirates em fornecer os melhores serviços de transporte aéreo de qualidade aos nossos clientes. Os 787 complementarão nosso mix de frotas, expandindo nossa flexibilidade operacional em termos de capacidade, alcance e implantação. Também temos o prazer de reafirmar nosso compromisso com o programa Boeing 777X e aguardamos ansiosamente sua entrada em serviço” afirmou o CEO da Emirates, Shiekh Ahmed bin Saeed Al Maktoum.

Testes com o 777X

A companhia planeja testar o Boeing 777X em Dubai. A aeronave passará por análises em agosto do próximo ano. “Eu quero que uma aeronave atravesse o inferno na Terra para garantir que tudo funcione … Este será um programa de certificação adequado”, disse Tim Clark, presidente da Emirates.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios