Aviação

Korean Air pode abandonar a primeira classe indicando uma nova tendência no setor

A Korean Air, maior companhia aérea e bandeira da Coreia do Sul com base no tamanho da frota, destinos e voos internacionais, pode se tornar o último grande nome do setor de aviação a anunciar a redução imediata e o possível desaparecimento de seus assentos de primeira classe.

A medida demonstra uma certa tendência e algumas operadores pelo mundo, que foi registrada a partir de 2018. A extinção da classe é concentrada na Ásia. Incluem a Malaysia Airlines e a Asiana, além de outra companhia aérea sul-coreana.

Inicialmente 27 rotas da Korean serão afetadas a partir do início de junho de 2019. O CEO da Korean Air, Walter Cho, disse que o resultado da eliminação de assentos de primeira classe seria um serviço simplificado e mais eficiente.

Antes da mudança, o serviço de primeira classe da Korean Air incluía comissários de bordo dedicados, que agora podem se concentrar em fornecer um serviço aprimorado de classe executiva.

A operadora coreana pretende remover todos os assentos de primeira classe em suas aeronaves de tamanho médio, sendo o Airbus A330, além de variante do Boeing 777 e 787, em rotas que geralmente só tinham poucos passageiros que comparava passagens nestas configurações.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios