Aviação

Após odores estranhos e até desmaios, Airbus confirma falha no A330 Neo da TAP

Airbus detetou falhas nos novos modelos A330 NEO da TAP, depois de tripulantes terem sido sentido odores estranhos. Em um comunicado enviado à operadora, a fabricante reconhece os problemas, mas adianta que já adotou medidas.

“Durante a fase de testes de voo, identificamos que o arranque do motor poderia gerar odores na cabina”, disse a Airbus. “Algumas gotas de óleo poderiam ser libertadas no compressor de alta pressão”, o que provocaria “cheiro a óleo durante a fase de táxi, descolagem e subida”, afirmou a empresa.

Foram também detetadas falhas no sistema de ar condicionado, o que poderia estar dar origem dos odores sentidos. A fabricante explicou que esta situação já foi corrigida com tratamentos anticalor e maior circulação de ar para os aviões em operação.

Tripulantes relatam tonturas, vômitos, enjoos, desorientação, cansaço extremo e até sensação de desmaio. O sindicato dos tripulantes de bordo (SNPVAC) já ameaçou uma greve caso não haja medidas efetivas para resolver o problema.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios