Aviação

Novo avião supersônico pode entrar em operação na próxima década

A Virgin e a Japan Airlines podem ser as primeiras companhias aéreas a operarem aviões supersônicos da empresa Boom, com aparelhos que poderão voar a velocidades de mach 2.2 (2.176 km/h). A fabricante diz que a aeronave terá “custos de assento-milha similares à classe de negócios subsônicos”.

Com as atualizações deste tipo de avião, a The Federal Aviation Administration – FAA pode alterar as regras de operação deste tipo de modelo em território americano.

Em décadas anteriores com a operação do Concorde, os Estados Unidos contava com restrições de operação das aeronaves que ultrapassavam a velocidade do som, por conta do estrondo sônico, um barulho associado às ondas de choque criadas por um objeto viajando através do ar com uma velocidade maior que a do som.

Estrondos sônicos geram uma enorme quantidade de energia sonora, soando muito similares a uma explosão.

De acordo com publicação do site Simple Flying, autoridades americanas estão olhando para uma nova era de aviões rápidos, o que pode resultar em mudanças na legislação.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios