Aviação

Greve na Avianca é suspensa após acusação de empresa se beneficiar de paralisação

A greve entre funcionários da Avianca Brasil foi suspensa no domingo, 19 de maio, após os colaboradores acusarem a companhia de usar a paralisação para cancelar voos.

A greve foi por conta de salários atrasados. De acordo com o presidente do SNA (Sindicato Nacional dos Aeronautas), Ondino Dutra, a suspensão ocorre porque a empresa estaria cancelando voos com baixa ocupação e responsabilizando os tripulantes.

“A empresa está aproveitando para cancelar voos deficitários, por causa do pouco número de passageiros. Hoje a companhia tem uma taxa de ocupação de 20%, ao passo que as concorrentes se aproximam de 90%”, afirmou Dutra.

“Se você faz uma greve, você a faz para cobrar que a empresa cumpra seus compromissos. Essa é a logica. Agora não faz sentido manter a greve quando a empresa começa a se beneficiar disso”, disse o representante do sindicato.

Apesar da suspensão, o estado de greve ainda não foi cessado. O grupo tenta encontro com os ministros do TST (Tribunal Superior do Trabalho) para levar as reivindicações.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!