Aviação

Grupo de empresas áreas defende 100% de capital estrangeiro no Brasil

Eduardo Sanovicz, presidente da Abear – Associação Brasileira das Empresas Aéreas defendeu em entrevista uma Medida Provisória que permite que estrangeiros controlem empresas aéreas no país, com o objetivo, segundo ele, de aumentar a competição no setor e por consequência melhorar os serviços aos consumidores, e ajudar na economia.

“Todas as empresas associadas a Abear são favoráveis a ampliação da competição nesse mercado e estamos prontos para esse novo momento”, disse ao jornal Folha de São Paulo. As estrangeiras podem participar em capital das operadoras em até 20%.

A associação reúne as empresas Latam, Gol e Avianca. Desde o dia 1º de maio, a Azul não faz mais parte do grupo.

Órgãos governamentais defendem que os slots (autorizações de pouso e decolagem em aeroportos) da Avianca, em recuperação judicial, sejam distribuídos para uma nova operadora, ou então com empresas de menor participação de mercado, e Azul poderia ser a maior beneficiada.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios