Monotrilho

Obras do monotrilho da Linha 15-Prata serão retomadas este mês, diz governo

Foto: Sergio Mazzi

As obras do monotrilho da Linha 15-Prata do monotrilho serão retomadas ainda neste mês, segundo declarações do secretário dos transportes metropolitanos, Alexandre Baldy, ao lado do governador de São Paulo, João Doria, em vídeo postado no facebook do ex-prefeito.

As estações Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus estão com 90% das obras concluídas, mas a construtora responsável pelas construções teve problemas e abandou as obras. Segundo Doria, o trecho será entregue ainda neste ano. Já a ultima parada, a Jardim Colonial, a ordem de serviço também será dada este mês.

Os anúncios foram feitos durante o leilão da linha, onde o grupo CCR, único que disputava, acabou arrematando a concessão do monotrilho que deverá transportar mais de 300 mil passageiros por dia.

As obras foram paralisadas no ano passado, e em janeiro deste nano, foi publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo uma nova licitação das quatro estações da Linha 15-Prata.

Falhas

O monotrilho da Linha 15 no trecho operacional entre Vila Prudente e Vila União, passou a funcionar em horário integral no dia 12 de janeiro. No mesmo mês, no entanto, o sistema apresentou falha em um terço dos dias de janeiro. O mesmo fato se repetiu em fevereiro. Ainda no mesmo mês, dois trens bateram na futura estação Jardim Planalto.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

      • Ajudaria a linha 2 porem traria mais problemas para a linha 10
        Só consigo ver duas alternativas:
        Conversão do Expresso Tiradentes em um VLT servindo como uma espécie de extensão operacional
        Ou mandar a linha 10 pro Brás

        • Acho que um VLT ali no Expresso Tiradentes não aumentaria tanto a capacidade de transportar passageiros que compensaria a mudança,lembrando que apesar de maiores, os trens do VLT necessitam de um intervalo maior que dos ônibus devido a segurança para sua frenagem.

  • O que já gastaram nessa linha 15 seria motivo mais do que suficiente para investigação criminal, eu queria saber poque as empresas contratadas pelo antigo governo alem de não cumprirem nenhum prazo ainda abandonavam as obras no meio do caminho, com certeza seria uma ótima tese de mestrado com o titulo de a incompetência governamental e seus resultados catastróficos.

  • Eu particularmente acredito que o Dória vai corrigir as incompetências do Geraldo Alckmin, vamos ter que aguardar mas percebo que a dinâmica do novo governador e bem melhor do que a do antigo governador que sempre deu nítida impressão de não gostar da Cidade de SP, e sempre muito mau assessorado, se a linha 15 chegar em São Mateus vai reduzir em muito a quantidade de passageiros nas linhas de ônibus.

Publicidade

Assuntos

Cadastre-se em nossa newsletter!

Linkedin – A Máquina de Empregos

Cursinho para Enem

Cadastre-se em nossa newsletter!