Aplicativos e Tecnologia

Metrô da China vai usar reconhecimento facial para cobrança de tarifa

Dispositivos de reconhecimento fácil vem se espalhando mundo a fora, e a China é uma das protagonistas nesta tecnologia. Tanto que o metrô de Shenzhen iniciou testes para cobrança de tarifa por meio da funcionalidade que identifica os rostos dos passageiros.

Na linha de bloqueios (catracas) da estação de Futian, foram instalados tablets que reconhecem os usuários. O valor da passagem é debitado automaticamente da carteira virtual do viajante.

Segundo a operadora, a novidade pôde ser implementada graças à internet 5G de alta velocidade. A empresa de telecomunicações Huawei está por trás desta funcionalidade.

Para usar cobrança facial no futuro, passageiros deverão fazer um pré-registro de seu rosto e conectar à sua conta de pagamentos”, disse um funcionário da estação de Futian ao jornal chinês  South China Morning Post.

A rede sobre trilhos transporta em média, 5 milhões de passageiros diariamente. Foi aberto em 2004 e sua malha conta com 286.2 km de trilhos. Caso os testes se mostrem satisfatórios, outras estações devem receber o meio de pagamento.

Shenzhen é uma das maiores e mais importantes cidades da China, localizada na província de Cantão, no sul do país, ao norte de Hong Kong.

 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Cadastre-se em nossa newsletter!

Linkedin – A Máquina de Empregos

Cursinho para Enem

Cadastre-se em nossa newsletter!